Sandra Almeida

quero um amor maroto            meio garoto           aqui           não no mar morto


 
Não Sou Cecília

Não sou Cecília,
mas caminho,
absorta na multidão,

Solitária.
Desenho meus descaminhos,
e busco,
felicidade!

Escrevo pra provocar.
qualquer
acontecimento.

De repente,
surreal.

Que me surpreenda.
e que ninguém,
se arrependa!
 



 
Embriaguez

Descanso no seu abraço
Embaraço em seu sorriso
Engasgo em palavras
Embriago nas emoções
Dilacero o coração
Num dialeto confuso
Desarmo minha estupidez
Num desavisado murmúrio
Que invade resto de sensatez
Restauro muros da alma
Pintando em tons coloridos
Viajo em barcos leves
Da canção escarnecida
Talvez dos últimos amantes!
 




Cio

Enlaço teu corpo
Queimando minha pele
Cuido de esticar o tempo
E domar o vento
Ver que há um detalhe
... por vez!
Cio de palavras
Corpos em vapores
Em seu jardim
Agasalho meus suspiros
Gritos do coração
... sede de você!
 




Ciclo

Verão,
O mar atrevido
Lança olhares
Lânguidos.

Inverno,
Chocolate, pipoca,
Lareira e você.

Outono,
A natureza restaura,
Germinando a vida.

Primavera,
A terra fala
Linguagem singular

Água...
Aconchego...
Vida
É o ciclo acariciando,
almas!
 




Bipolar

Hoje

me faço amor
versos ousados
ondas de calor
mundos rosados

Amanhã

Minha alma nua
estranha o amor
me faço crua
aplaco o calor.


Depois

Visto-me de poesia
...reviso a vida
vagueio na avenida
vida vazia!


Costuro o tempo
ponto de saudade
bordando lealdade
sufocando contratempo

 




NÓS

Meu coração
preso ao seu
como pássaro
enjaulado.

Está...

Sangrando
Chorando
Feito criança
Fazendo birra!

Reclama...

Momentos loucos
De emoção
Da insensatez
Da emoção.

Adormece...

Sorrindo
Cantando
Esperando

Sermos nós,
Numa eterna
... poesia!
 




Pedaços de mim

Sou amor...
sorriso e alma.
Num grito abafado
que nunca se acalma.

Sou sangue...
que sangra ansioso.
Nos versos ardentes,
desse amor!

Sou alma...
num passado teimoso.
Na trilha marcada,
na força eloqüente
...da poesia!

Sou o hoje...
luz da verdade
que o tempo mostrou.
Num prazeroso
...silêncio!

Sou o amanhã...
como o fiel da balança
... equilíbrio!

Visto o avesso de mim,
... vôo e estarei no ninho.
Única bagagem
... o amor!

 




Reflexos

No espelho
reflete
uma imagem
...pálida.

Descanso
revejo
e
calo-me.

Envolvo
a alma
dolorida
e
choro.

 




Tulipa amarela

Nunca mais...

Vi tulipas amarelas

Nos jardins

De minha alma.

 

Às vezes sinto.

Saudades delas.

... adormeço e

Sonho!

 

Retorno ao passado

Tulipas amarelas,

... era feliz entre elas!
 




Carícias da Vida

A vida acaricia-me

com mãos macias

e. alivia-me!

 

Diz palavras suaves

fala um poema

e suspira!

 

Inclina-se sorrindo

e murmurando,

diz... Bom-dia!

 

Alisando meu rosto,

fala convencida,

de um amor.

 

Amor, esquecido

no tempo,

acende uma luz

e... improvisa!

 

Num foco de luz

num leve balançar

de mãos, retorna.

 

Com serenidade

explica sobre

o que ela significa,

e justifica!

 

Continua,

branda e serena

passando as mãos em mim!
 




Desolação


Faço sem rima,

sem auto-estima,

insegura e confusa.

 

Um poema nu

e desajeitado!

 

Repicado de lágrimas,

ensaiando um sorriso,

num disfarce bobo,

da insensatez tola!
 




Deprê

Vejo as ruas escuras
e na pele, vento gelado
me faz temer amanhã.

Sombras e passos
marcam esse momento
nostálgico.

Hoje parece ser ontem,
ontem parece ser distante,
não chego e entristeço.

No túnel interior,vejo futuro,
sinto medo,fujo de tudo
e não me acho!

 




Dualidade

Num bailado cigano
levei-te ao êxtase.

Dança mundana
sou sua dama.

Dança do ventre
faço-te escravo.

Na espanhola
devoro-te.

Visto de anjo
e navegas em
meu céu!

 




Sandra A. Almeida, paranaense de Jandaia do Sul. Tem 03 filhas e 02 netos.
Ativista de movimentos sociais e estudantis nas décadas de 70 e 80.
Geógrafa. Atua no ensino público e privado há 27 anos.
Autora de alguns projetos educacionais relacionados às questões ambientais
e culturais dos povos indígenas da região Norte.
"Não sou profissional, na poesia me encontrei e sou feliz!
"

 

Antologias em 2007:

43 Anos Casa do Poeta Rio-Grandense

Antologia de 39 Poetas Brasileiros Contemporâneos.

Antologia Internacional Del Secchio

Agenda Cultural 2008 Celeiro dos Escritores.

 

Várias publicações no Jornal Alto Madeira e Rondônia ao Vivo (Porto Velho-RO).

Colunista do Jornal on-line O Rebate (Macaé-RJ), com o intuito de divulgar a cultura.

Membro do SPJ (Sociedade dos Poetas Jandaienses).

 

Sites onde tem publicações:

Minha Coluna no Jornal O Rebate de Macaé (RJ)

 
http://orebate-sandradealmeida.blogspot.com/

Site Poetas Del Mundo:
http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=3296

Site de Salvador ( BA)

www.paralerepensar.com.br/sandrah.htm

Site Rio de Janeiro(RJ)

http://www.cronicascariocas.com/poesias.html

Site Rio de Janeiro(RJ)

http://www.cronicascariocas.com/poesias_sandrah.html

Site Rio de Janeiro (RJ)

http://www.almadepoeta.com/sandraalmeida.htm

http://www.almadepoeta.com/

Site Recanto das Letras:
http://recantodasletras.uol.com.br/autores/sandrah


Site Usina das letras:

http://www.usinadaspalavras.com/verautor.php?id_autor=2654

Revista Sinceridade:

http://groups.google.com/group/revista-eletronica-sinceridade/web/poetravessia?hl=pt-BR


No Youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=fK0OzaWebZo


Publicações de Amigos

Publicações de meu amigo Selmo Vasconcellos:Porto Velho-RO

www.rondoniaovivo.com.br

http://orebate-selmovasconcellos.blogspot.com/


Publicações no Jornal de Circulação na Região Norte Alto Madeira de Porto Velho (RO)


*Blog de meu amigo Rodrigo Poeta:Cabo Frio-Rj

http://antologiapoesiarte.blogspot.com/

http://poesiarte.blogspot.com/2007/11/poesiarte-apresenta-sandra-almeida.html
Visite é um presente p/ meus amigos:

Blogs:

http://sandrah-poemar.blogspot.com/

http://brazil-sandrah.blogspot.com/

http://antologiasandrah.blogspot.com/


Comunidades no orkut:


Cantinho de poemas meus na Comunidade da Cláudia:
http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=18221487&tid=2578186172500704772&na=4

Cantinho na Comunidade da Soninha Porto:
http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=12590356&tid=2583447009254486244&na=4

Comunidade da Verluce
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2575482

Comunidade "Poesias&Poetas"
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=4775475

 

Minha comunidade:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=17438274

Comunidade de minha amiga,Nolívia**Poesia:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=36718861

Comunidade Extra...Extra:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=31811338 (Publico Poetas Contemporâneos)
 


Tenha sua Página Pessoal no Alma de Poeta


Clique na imagem acima.


home    galeria de arte    poetas em destaque    poetas 3x4    poetas imortais    colunistas    cinema    concursos

páginas pessoais     agenda poética     poetas no You Tube      fala poesia     oficina virtual      histórico

Clique e entre



Seu site de poesia, arte e algo mais...

www.almadepoeta.com

Alma de Poeta
©Copyright 2000 - 2008
  by Luiz Fernando Prôa
09/03/2008