Poetas 3 x 4

Marco Araújo
Porto Alegre - RS



soneto seco

Precipitando a madrugada
a chuva não chegou
Dava dó ver tanta gente
dando nó em pingo d'água

Depois do amanhecer
o tempo não mudou
Nem amor, nem alegria
nem tormenta ou calmaria

Pane seca, sol a pino
fritura, meio-dia
correria, banco, loteria

Fim da linha
ruptura, pinga, rapadura
e nem sinal de ventania

 



Quando lembrares de mim

Quando lembrares de mim
Procura no céu uma estrela
Na terra uma estrada amarela
No mar um destino de rio

Quando lembrares de mim
Entrega ao vento um desejo
Revela no tempo um segredo
E canta a canção do prazer

Quando lembrares de mim
Descobre no sol um caminho
No olhar um sinal de carinho
Na boca o sabor das manhãs

Quando lembrares de mim
Que seja por conta do dia
Que a vida se fez poesia
Um sonho que deus permitiu

 



Marco Araújo é gaúcho e mora em Porto Alegre.
É poeta, cantor, compositor e violonista.
Trabalha com educação não formal.
É um artista em atividade.
Gosta de conviver com pessoas simples e inteligentes.

 


E-mail: marco.litoral@terra.com.br

Se você gostou indique o endereço: www.almadepoeta.com/poetas3x4.htm

Voltar para Poetas 3 x 4



home    galeria de arte    poetas em destaque    poetas 3x4    poetas imortais    colunistas    cinema    teatro    concursos

páginas pessoais     agenda poética     ebook      entrevistas      histórico

Clique e entre




www.almadepoeta.com

Alma de Poeta
 
© Copyright 2000 / 2007 by Luiz Fernando Prôa