Poetas 3 x 4

Bebeto Tornaghi



Em cena

Para Paula Pother

Na platéia, um rosto.

No rosto, um sorriso.

No sorriso, discreta luz.


Um sorriso...

Discreto, ninguém mais o via

Luminoso, clareava meu falar.

 
Eu falando do palco

Ela brilhando na platéia.

Eu no centro do palco

Ela no centro do meu olhar
 



Atraso


Eu não me atraso nunca!

Chego sempre no instante exato

Chego sempre no instante que importa chegar.


Imagine se chego antes de eu chegar.

De que me adiantaria chegar enquanto eu ainda não estou lá?
 



Como dizer a um poeta...


Como dizer a um poeta

que não gosto de sua poesia?

Como dizer a quem escreve

que não gosto do que ele cria?

Como dizer a um autor

que só por gentileza o aplaudiria?


Como dizer a um poeta

que, ainda que goste dele,

não gosto de sua poesia?

Como dizer a quem escreve

que, mesmo lhe tendo apreço,

não aprecio o que ele cria?

Como dizer a um autor

que era mesmo por gentileza

que, encabulado, o aplaudia?

 
Se gosto dele,

se lhe tenho apreço

ou se sou gentil

que importa?

Não gosto de sua poesia.

Não gosto do que fazia

Não gosto de como a dizia.

Nem sei porque a relia.

 
Poeta, meu colega, meu amigo,

não me ouça, não me escute.

Ignore, solenemente, o que lhe digo

Ao escrever, apenas desfrute

do que quer que tenha redigido.

Saboreie como a um quitute;

não, não se importe comigo

ou com o que quer que eu lhe impute.

Não busque aplauso, como esmola o mendigo;

 
e não me peça para dizer

o que acho de sua poesia,

por que aí eu digo.

 



Se você gostou indique o endereço: www.almadepoeta.com/poetas3x4.htm
Ou envie seu comentário para o e-mail do autor: alberto.tornaghi@gmail.com

Voltar para Poetas 3 x 4



home    galeria de arte    poetas em destaque    poetas 3x4    poetas imortais    colunistas    cinema    concursos

páginas pessoais     agenda poética     poetas no You Tube      fala poesia     oficina virtual      histórico

Clique e entre



Seu site de poesia, arte e algo mais...


www.almadepoeta.com

Alma de Poeta
©Copyright 2000 / 2007 by Luiz Fernando Prôa